Asset 57
Asset 54

Subscrição de conteúdo

Receba as novidades sobre os nossos produtos e serviços

10 Março 2020

Saiba porque o design é essencial para a sobrevivência do seu e-commerce

Um bom design inspira confiança e credibilidade, reforça a identidade da marca e, se bem feito, ajuda na conversão de vendas. 
 

O e-commerce move-se rapidamente. As tendências proliferam, as opções são infinitas e há cada vez mais marcas a trazerem os seus produtos e serviços para o mundo online. A concorrência é cada vez maior e os consumidores são cada vez mais exigentes e impacientes, pelo que é essencial que o seu e-commerce acompanhe esse ritmo e esteja preparado para receber, agradar e fidelizar clientes. 

Não, o design não serve apenas para pôr o seu e-commerce mais “bonito” e “fofinho” e tem, efetivamente, um papel determinante no processo de atração, conversão e fidelização de clientes. 

No fundo, trata-se de tornar toda a experiência de compra do cliente mais satisfatória, simples e intuitiva e, assim, deixá-lo mais feliz. Um bom design inspira confiança e credibilidade, reforça a identidade da marca e, se bem feito, ajuda na conversão de vendas. 

No artigo de hoje, vamos falar-lhe do quão importante é ter um bom design no seu e-commerce e identificar que elementos o influenciam. 

Tenha atenção à velocidade do seu e-commerce

Dizem os especialistas que um utilizador não espera mais de 5 segundos para entrar no site. Sim, o mundo online está feito de  novas oportunidades de negócio, mas também é verdade que os utilizadores são cada vez mais impacientes e exigentes e é preciso estar ao nível das suas exigências. 

Um bom design deve ter em consideração o número de elementos de uma página, assim como o peso de cada um. Quantos mais elementos e quanto maior o seu peso, mais tempo o seu site vai demorar a abrir e, aos olhos de um potencial cliente, isso não é aceitável. 

Para além de poder estar a perder um potencial cliente, também está a piorar a posição do seu site nas pesquisas do Google. Isto acontece porque o motor de pesquisa mais famoso do mundo analisa vários aspetos de um site antes de lhe atribuir uma posição na lista de resultados de pesquisas, e a velocidade do site é um dos critérios avaliados. 

Tenha um UX simples

Se o seu e-commerce é confuso, desorganizado e feio é provável que esteja a perder clientes. Em qualquer site e principalmente no e-commerce quer-se que o cliente passe o máximo de tempo no seu website a conhecer a sua marca, os seus produtos e os seus benefícios. No que toca a passar informação e a efetivar uma compra, menos é mais! 

Existem coisas simples que ajudam a tornar um e-commerce mais user friendly. Por exemplo, tenha atenção às cores e aos elementos escolhidos. Estes devem estar organizados de forma a funcionarem como um guia que, psicologicamente, leva o utilizador a navegar pelo site, o atrai para áreas estratégias e, no fim, estimulem a vontade e o impulso de compra. Também é importante ter CTAs (Call to Action) no seu e-commerce. Estes desempenham um papel importante na navegabilidade de um site e no processo de efetivação de uma compra. 

Não esquecer a mobilidade

Mobilidade trata-se de oferecer um e-commerce que esteja disponível onde quer que o usuário esteja, ou seja, adaptável a vários dispositivos: desktop, mobile ou tablet.

Muitas marcas esquecem-se de tornar o seu e-commerce mobile friendly (responsivo e fácil de navegar no telemóvel) ou então subestimam esta opção. O mobile não é o futuro, é o presente! Ao ignorá-lo, está a perder a confiança de potenciais clientes e de milhões de pessoas que levam o seu smartphone para todo o lado. 

Tenha elementos que geram confiança

Para algumas pessoas, o e-commerce ainda é de desconfiar. Para reverter esse pensamento, é necessário e fortemente aconselhável que ofereça aos clientes elementos e informações que transmitam confiança. Por exemplo:
 
✓ Opiniões de outros clientes; 
✓ Avaliações ao seu produto ou serviço;
✓ Contactos e moradas;
✓ Tenha disponíveis vários métodos de pagamento adequados ao mercado no qual se insere, por exemplo, MBWay em Portugal; 
✓ Torne o seu e-commerce mais humano e pessoal, acrescentando fotos de pessoas da equipa à página Sobre Nós; 
✓ Tenha conteúdo em vídeo;
✓ Aposte em Transparent Princing. Confira a imagem que deixamos abaixo. 

 E acredite, o design pode ajudar muito! 

Ao incluir este elementos no seu e-commerce, é importante que eles sejam fáceis de encontrar, perceber e estejam organizados. Se os amontoar no fundo de uma página, vai torná-la confusa e demasiado cheia. 

Não esqueça o branding!

Um e-commerce deve ser simples, minimalista e não ter elementos desnecessários. Contudo, isto não significa que não deva ter identidade e personalidade. Não se esqueça que está a vender algo que pertence a uma marca que tem valores, que é original, tem essência e caráter e tudo isso deve estar refletido no seu e-commerce. Assim, a sua marca estará sempre bem identificada. 

Crie um e-commerce com características visuais fortes que vão ao encontro do branding da sua marca: palete de cores, formas, fonts, ilustrações e ícones devem seguir uma lógica e a identidade da sua marca. Assim, conseguirá ficar na mente e no coração dos seus clientes.

Não coloque obstáculos no checkout

O checkout deve ser o mais simples possível, caso contrário pode resultar num carrinho abandonado. Coloque apenas os passos  estritamente necessários e faça questão que sejam intuitivos e fáceis de perceber e preencher. Se o seu checkout tiver mais que 3 passos, é demais. Considere retirar passos ou simplifique-os ao máximo.   

A melhor pessoa para pôr em prática este e outros princípios é um designer ou webdesigner. Ao criar ou reformular o seu e-commerce, considere consultar um profissional. Afinal, ele não vai apenas torná-lo mais “bonito”, vai ajudar a aumentar as suas vendas.

Ficou com dúvidas? Contacte-nos! Estamos disponíveis para ajudar. Somos especialistas em desenvolvimento de e-commerce e já ajudamos várias marcas a desenvolver uma loja online personalizada. Vamos fazer a sua empresa crescer!

+ informações

Subscrição de conteúdo

Receba as novidades sobre os nossos produtos e serviços

João Barroso

Consultor WEB

O João é o consultor web mais experiente da empresa!
Ler +

Carla Moreira

Designer

A criação é a essência da humanidade existir. Muda o que crias para que o mundo evolua contigo.

Alina Carvalho

Diretora Comercial

A equipa comercial é a linha da frente na Netgócio e, muito mais que comerciais, temos consultores que ajudam os nossos clientes (...)
Ler +

Patrícia Cunha

CFO

No dia de celebrar as Grandes Mulheres, quisemos passar uns minutos a conhecer melhor a Mulher que lidera a nossa família. 
Ler +

Alexandra Costa

Estagiária RH

Logo no primeiro dia de estágio na Netgócio senti que não poderia ter feito melhor escolha.
Ler +

+ informações

Anunciar no Google Ads: 5 técnicas para aumentar as vendas do seu e-commerce E-commerce: 6 aspetos a ter em conta para aumentar vendas
Asset 57
Asset 57
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para lhe oferecer uma melhor experiência e serviço.
Para saber que cookies usamos e como os desativar, leia a política de cookies. Ao ignorar ou fechar esta mensagem, e exceto se tiver desativado as cookies, está a concordar com o seu uso neste dispositivo.